Notícias

01/03/2018 17:07:54 -
AÇÃO
Governo e entidades debatem crise no setor sucroenergético

Governo e entidades debatem crise no setor sucroenergético

As dificuldades enfrentadas pelo setor sucroenergético alagoano e a elaboração de um plano de recuperação do segmento canavieiro foram pontos debatidos por dirigentes de entidades que representam a cadeia produtiva da cana no Estado com o governador Renan Filho.

O encontro, realizado segunda-feira passa, na casa do industrial Fernando Farias, em Maceió, contou com a presença do presidente da Faeal, Álvaro Almeida e de dirigentes do Sindaçúcar-AL, Fetag-AL e Asplana, além dos secretários de Estado da Fazenda e da Agricultura, George Santoro e Antonio Santiago, respectivamente.

“A reunião foi convocada pelo governador Renan Filho para buscar soluções para enfrentar a crise da indústria canavieira”, declarou o presidente da Faeal, lembrando que o encontro foi acertado pelo chefe do Executivo alagoano logo após a reunião que teve, semana passada, com dirigentes da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), em São Paulo.

Na capital paulista, Renan Filho debateu com dirigentes da Unica meios capazes de ajudar o setor sucroenergético do Estado a superar uma das mais duras crises de sua história com o propósito de fornecer parâmetros para a criação de um plano de recuperação para a atividade canavieira.

Documento
 
Após o debate com os representantes da cadeia produtiva da cana em Alagoas, segundo informou Álvaro Almeida, ficou decidido que as reivindicações de cada categoria (industriais, fornecedores e trabalhadores) serão colocadas em um documento que será entregue ao governador Renan Filho. “Ele se comprometeu em atender as demandas de acordo com as possibilidades do Estado ajudando a melhorar a situação que atravessa o setor. Neste caso, a Faeal estará acompanhando as reivindicações que serão apresentadas pela Asplana e a Coplan que representam os produtores rurais que são fornecedores de cana”, finalizou.