Notícias

09/05/2018 18:12:23 -
INCENTIVO
Na Faeal, seminário de fruticultura traz as novidades do segmento

O vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de Alagoas (Faeal), Edilson Maia, comandou a solenidade de abertura do II Seminário Alagoano de Fruticultura. O vento, que reúne produtores rurais pesquisadores e representantes de instituições do segmento agropecuário, prossegue até amanhã, dia 10, no auditório da Faeal.

"Este seminário oferece ao produtor rural uma janela de oportunidades. A fruticultura é uma atividade rentável. Estamos trazendo o que há de mais moderno neste segmento. Vale ressaltar que os pequenos produtores, mesmo em áreas de menor tamanho, podem desenvolver a fruticultura com êxito e sustentabilidade”, afirmou Edilson Maia.  

 Desenvolvido com o propósito de incentivar a pesquisa sobre produção, comércio e diversificação de frutas no Estado, o seminário, que é realizado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) e Sebrae-AL, conta com o apoio da Faeal; Embrapa e Ufal.

Na ocasião, o secretário de Estado da Agricultura, Antônio Santiago, destacou a importância da diversificação da fruticultura para a geração de renda e fortalecimento da indústria em Alagoas.

“Estamos preocupados em diversificar a agricultura por que só assim vamos conseguir aumentar a renda do agricultor. No segmento da fruticultura, Alagoas conta com uma estrutura que vai de fabricas, indústrias de sorvete até envasadoras. Novas tecnologias estão sendo desenvolvidas e não podemos ficar distantes delas”, declarou Santiago.

O seminário contará com um ciclo de palestras que abordaram oito temas diferentes e que debaterão questões relativas a negócios; manejo e sistema de produção, além de comercialização.

“Estamos trabalhando forte para promover a diversificação do agronegócio. É uma ação que não se restringe apenas a fruticultura, mas também aos grãos, produção de leite de carne, buscando a implementação de novas tecnologias, inovação e mercado. Com isso, estamos tendo uma reação bastante positiva”, destacou Ronaldo Moraes, diretor Técnico do Sebrae-AL.