Notícias

19/06/2018 16:18:12 -
CAPACITAÇÃO
Faeal/Senar-AL afinam parceria com o TRT-AL para ampliação do programa Jovem Aprendiz Rural

O presidente da Faeal, Álvaro Almeida e o superintendente do Senar-AL, Fernando Dória, participaram, esta semana, de uma reunião com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 19ª Região, Pedro Inácio da Silva. Na pauta do encontro, as ações de fortalecimento da Lei de Aprendizagem no meio rural. A reunião contou ainda com a participação do juiz do trabalho e um dos gestores do programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo a Aprendizagem, Alonso Filho.

Na oportunidade, foi debatida uma proposta para que seja firmado um protocolo de intenções divulgando e estimulando a execução do Programa Jovem Aprendiz no campo, a exemplo dos cursos que vêm sendo executados pelo Senar-AL junto as usinas de cana-de-açúcar do Estado e demais empresas rurais.

Álvaro Almeida fez uma apresentação do leque de atividades desenvolvidas pelo Senar-AL no Estado.
“Trabalhamos tanto quanto o Sesc ou Sesi. Tivemos uma redução na arrecadação, mas isso não reduziu as nossas ações junto as famílias do campo nas áreas de promoção social e de assistência técnica, além de promoção à saúde. O Jovem Aprendiz é um dos nossos programas que qualifica um público na faixa etária dos 16 aos 24 anos nos cursos de mecanização agrícola; administração rural; eletricista rural e de avicultura, dando uma qualificação profissional para estes jovens que, em muitos casos, são aproveitados pelas empresas”, declarou Almeida, lembrando que todas as ações da Faeal/Senar são executados, exclusivamente, com recursos do produtor rural.

Com isso, o programa aumentar o número de jovens e adolescentes do meio rural inseridos no mercado de trabalho, melhorando a empregabilidade e a qualificação de aprendizes no campo.

Diante deste trabalho desempenhado pelo Senar-AL, os casos de destaque do Jovem Aprendiz, executados no meio rural alagoano, serão apresentados na próxima edição da Semana da Aprendizagem promovida pelo TRT no dia 06 agosto, onde em audiência pública as empresas que cumprem o programa receberão uma certificação em reconhecimento a iniciativa. Já as empresas que não executam da Lei de Aprendizagem são convocadas a participar do evento como forma de incentivo.

“Temos um problema nacional de erradicação do trabalho infantil e de incentivo a aprendizagem. Sou um entusiasta do programa de aprendizagem. A Semana da Aprendizagem foi criada para incentivar as empresas que cumprem a lei. Este ano, o nosso foco no evento é o aprendiz rural”, afirmou o presidente do TRT-AL.