Notícias

02/08/2019 08:28:16 -
SOLENIDADE
Presidente da Faeal prestigia solenidade de outorga de bolsas da Fapeal/Emater

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas – Faeal –, Álvaro Almeida, prestigiou na manhã desta quinta-feira, 1º de agosto, a solenidade de assinatura do termo de outorga das bolsas de Extensão Tecnológica, Técnica e Apoio a Pesquisa para os profissionais selecionados no edital 001/2019, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas – Fapeal – em cooperação com o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas – Emater.
A solenidade aconteceu na sede da Emater, no bairro do Jaraguá, em Maceió. O objetivo do edital é promover a concessão de bolsas para profissionais em chamadas anuais, direcionando-os às pesquisas no Agreste, Médio e Alto Sertão, Baixo São Francisco e Grande Mata Alagoana. 20 profissionais foram aprovados no processo seletivo, entre agrônomos, zootecnistas e técnicos agrícolas.
“Vocês têm a obrigação de exercer as atividades para as quais assumiram o compromisso com muita presteza e muito respeito, primeiramente a vocês mesmos, enquanto profissionais, e, depois, a todos os produtores rurais que vão atender, sejam eles pequenos, médios ou grandes”, ressaltou Álvaro Almeida, em discurso direcionado aos selecionados.
O presidente da Faeal também destacou o empenho do Governo do Estado para promover o desenvolvimento rural. “Logicamente estaríamos mais felizes com este espaço lotado, com 200 a 300 profissionais selecionados para servir a Alagoas, e não há nenhuma crítica ao Governo aqui. Tenho certeza que as condições não permitem, mas, se permitissem, isso estaria acontecendo”, comentou Almeida.
Segundo o diretor-presidente da Emater, Elizeu Rego, a meta é dispor de um técnico em cada município. Hoje, cerca de 75 profissionais trabalham efetivamente na área rural, para atender às 102 cidades alagoanas. “A situação é difícil e precisamos trabalhar com responsabilidade. Não adianta contratar e depois não poder pagar. Mas temos buscado soluções, inclusive tecnológicas, para atender ao estado da melhor forma possível”, afirmou.
O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Silvio Bulhões, também prestigiou o evento e ressaltou a importância da inserção dos profissionais para que Alagoas possa superar desafios, a exemplo da retração no setor sulcroenergético e da necessidade de uma produção mais efetiva no Canal do Sertão. “Tudo isso só será feito com assistência técnica, com extensão rural, com pessoas”, ponderou.
A solenidade também contou com a participação do ex-secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos.